.
PROTOCOLO BANDEIRA PRETA PARA INDÚSTRIA CERÂMICA
01/03/2021
Bandeira Preta e os Reflexos na Indústria.



Conforme anunciado pelo Governo do Estado do Rio Grande do Sul, a partir do sábado (27-02-2021), as indústrias deverão seguir os protocolos da bandeira preta até, pelo menos, 07-03-2021, conforme o mapa do Distanciamento Controlado, visando a prevenção e o enfrentamento à pandemia causada pelo novo Coronavírus (COVID-19).

De acordo com o Modelo de Distanciamento Controlado do Rio Grande do Sul, durante a bandeira preta as indústrias devem respeitar critérios específicos de funcionamento, quais sejam:

Teto de operação: o percentual máximo permitido de trabalhadores presentes é o de 75%, no mesmo turno, ao mesmo tempo, respeitando o teto de ocupação do espaço físico (máximo de pessoas);

Modo de operação: respeitando o teto de operação e o teto de ocupação do espaço físico (máximo de pessoas), fica autorizado o teletrabalho e o trabalho presencial restrito, onde deverá haver ventilação cruzada (portas e janelas abertas) e/ou sistema de renovação de ar.

Na indústria, restaurantes, bares, lanchonetes e espaços coletivos de alimentação deverão seguir os protocolos de "Restaurantes" e "Lanchonetes", assim como a Portaria SES nº 319 (portaria estadual com protocolos de boas práticas - serviços de alimentação).

Da leitura dos referidos protocolos, verifica-se que existe a possibilidade de funcionamento dos refeitórios, desde que cumprido o teto de operação de 25% dos trabalhadores do serviço de alimentação.

Destaca-se que, na bandeira preta, restaurantes de autosserviço não podem funcionar, de maneira que, conforme dispõe a Portaria SES nº 319, o sistema de autoatendimento pode ser substituído por outro sistema eficaz, como o de funcionários e colaboradores disponíveis para servir os alimentos.

Para atendimento ao público, é obrigatório o uso correto de máscara, cobrindo boca e nariz (por todos os presentes), com distanciamento interpessoal mínimo de 1 metro.


RESSALTAMOS QUE, NA BANDEIRA PRETA NÃO SE APLICA NENHUMA EXCEÇÃO, SENDO O TETO DE OPERAÇÃO PARA TODAS AS INDÚSTRIAS LIMITADO A
75% (OU SEJA, COM REDUÇÃO DE 25%).


Clique em https://www.diariooficial.rs.gov.br/materia?id=515280 para acessar os protocolos da bandeira preta a serem observados para as respectivas atividades industriais.

O SINDICER/RS juntamente com a FIERGS seguem atentos seguem atentos a esta temática, com foco no interesse da Indústria Gaúcha.